O impacto da Rede 4G e TV Digital nos Microfones sem Fio

Com a introdução da rede móvel 4G e da televisão digital no Brasil, o panorama da radiofrequência mudou e isso vem afetando os usuários de microfones sem fio.

Radiofrequência (RF) é a faixa de frequência que abrange aproximadamente de 3 kHz a 300 GHz e que corresponde a frequência das ondas de rádio. RF geralmente se refere a oscilações eletromagnéticas ao invés de mecânicas nessa faixa de frequência, embora exista sistemas mecânicos em RF. E o que isso tudo tem a ver com os sistemas sem fio?

Alguns microfones sem fio, monitores pessoais (in-ears), sistemas de comunicação sem fio (intercom) e outros utilizam a faixa de UHF – Ultra High Frequency (Freqüência Ultra Alta), atualmente de 470 MHz a 806 MHz. Como parte desta faixa será destinada ao 4G, não será mais possível usar sistemas como estes na faixa de 698 MHz a 806 MHz, não importa a marca do produto.

Assistências Técnicas e Fabricantes podem trocar a faixa de frequência dos equipamentos antigos?

Infelizmente não devido a muitos componentes não serem mais fabricados, além disso seria necessário refazer toda a programação do equipamento o que deixaria esse processo muito custoso.

E quanto aos microfones digitais?

Os microfones digitais podem apresentar diversas vantagens em relação aos analógicos em um ambiente de RF sobrecarregado pois podem ser utilizados em bandas que não estejam ocupadas por interferências de UHF, como 1,9 GHz, 2,4 GHz e 900 MHz. Os sistemas digitais sem fio da Shure, por exemplo, atuam em UHF têm uma banda de sintonia muito ampla, o que facilita encontrar uma frequência compatível para todos os seus canais.

Sistemas digitais sem fio UHF possuem circuitos muito lineares e podem ser capazes de se acomodar a uma quantidade maior de canais e em uma ocupação de espectro inferior. É importante saber que a banda UHF continua sendo a melhor alternativa, mesmo que as bandas fora do UHF sejam utilizáveis ainda para uma grande quantidade de canais.

Microfones chineses importados sem homologação da ANATEL

A compra de microfones sem fio sem a homologação atualizada pela Anatel pode acarretar prejuízo financeiro. Em outras palavras, lojistas que vêm comprando produtos chineses diretamente por sites estrangeiros ou de fornecedores não homologados tendem a sofrer maiores consequências. A pressão já se iniciou. Até os importadores de microfones legalizados têm alertado para o incremento da fiscalização por parte da Receita Federal nessa categoria de produtos, mencionando a validade do selo da Anatel. Portanto compre sempre microfones de revendedoras autorizadas.

Fontes:
http://www.anafima.com.br
https://br.shure.com/help-center/transicao-digital
https://www.businesstech.net.br